quarta-feira, 11 de novembro de 2009

AS ARMADURAS DE DEUS

AS ARMADURAS DE DEUS


"Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes:

14 Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;

15 E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;

16 Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.

17 Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus."


O apóstolo Paulo refere-se as armaduras de Deus utilizando o termo grego PANOPLIAN, termo este usado para a armadura romana, o soldado era revestido da autoridade de César, se alguém se levantasse contra ele era como se estivesse levantado contra o próprio César,PANOPLIAN entretanto não se refere a uma simples armadura, no contexto romano soldados comuns usavam ‘armaduras’ (‘elekoi’) para proteção, forjadas de metal que cobriam parte do corpo do guerreiro,porém PANOPLIAN refere-se a armaduras usadas por oficiais com o brasão do Imperador que além da proteção indicavam a autoridade daqueles que representavam ali os interesses do Império. Assim podemos concluir que ao apropriarmo-nos das armaduras, somos revestidos da autoridade de Deus, representando os interesses do Seu Reino e tudo quanto levantar-se contra nós levantar-se-á contra Deus . Paulo quando preso em Roma, tinha consigo a companhia constante de um soldado, quando descreveu as armaduras em Efésios 6 do verso 13 ao 17, ele tinha em mente tais vestimentas por isso as comparou as do soldado romano.

Este capítulo mostra-nos a profundidade do mundo espiritual, o apóstolo Paulo exorta-nos a lutar contra o mal e para isso existem armas espirituais,ele usa de linguagem figurada mostrando que, da mesma forma como o soldado usava roupa especial, couraça, sapatos, escudo, espada e capacete, devemos trazer sempre conosco a verdade, a justiça, o Evangelho, a fé, a salvação e a Palavra de Deus, acrescentando a isso a oração, a vigilância e a perseverança.Trata-se na realidade de poderes espirituais nas regiões celestes, ou seja, no âmbito espiritual muito mais além do que no terrestre. Existe todo um segmento na armadura de um soldado romano, observamos que a proteção começa com:


A) CINGINDO-VOS COM A VERDADE “E a justiça será o cinto dos seus lombos, e a fidelidade o cinto dos seus rins. ( Isaias 11-5) “ Refere-se ao largo cinturão de couro que o soldado romano usava para proteger-se e que os oficias usavam como sinal de sua patente. O Cristão tem que tornar-se conhecedor do mundo espiritual assim como o soldado tinha conhecimento que o cinturão que ele usava tinha uma patente, ele deve ter conhecimento da importância da patente espiritual que lhe é delegada por Deus, afinal ele é um soldado revestido por Deus, que precisa andar em verdade, vivendo a verdade que é a Palavra de Deus.

B) VESTINDO-VOS COM A COURAÇA DA JUSTIÇA
“ Vestia-me da justiça, e ela me servia de vestimenta; como manto e diadema era a minha justiça.” Jo 29-14 “Pois vestiu-se de justiça, como de uma couraça, e pôs o capacete da salvação na sua cabeça...” Isaias 59-17 “Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e do amor, e tendo por capacete a esperança da salvação...” 1 Tessalonicensses 5-8 A couraça era uma espécie de colete de couro ou metal que protegia a parte superior do corpo. O soldado romano era protegido de todos os tipos de ataques do inimigo em seu peito, lugar frágil que atingido levava a morte. Assim o soldado espiritual deve ser protegido de tais ataques, quando tem a sua alma, seu coração fechados para as setas do diabo através da justiça de Cristo, imputada por Deus e recebida pela fé.

C) CALÇAI OS PÉS "Quão formosos são, sobre os montes, os pés do que anuncia as boas novas, que faz ouvir a paz, do que anuncia o bem, que faz ouvir a salvação, do que diz a Sião: O teu Deus reina!” Isaias 52-7” E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas.” Romanos 10-15 Prepara-nos com firmeza para anunciar o evangelho da paz. O soldado romano usava botas que tornavam a sua marcha mais firme. Assim o soldado espiritual precisa preparar-se para anunciar o evangelho com firmeza, seguro de que a Palavra de Deus é verdadeira e poderosa para alcançar os perdidos. Com certeza ele deve manter uma marcha, uma cadência espiritual sem vacilar e para isso é preciso fortalecer-se em Deus.



A) ESCUDO DA FÉ Refere-se ao grande escudo romano, coberto de couro ou de uma placa de metal, capaz de deter os dardos inflamados que o inimigo arremessava. O soldado espiritual armado do escudo da fé torna-se habilidoso derrubando os dardos do diabo com destreza,é a fé na Obra e na Palavra de Deus que nos faz agir de acordo com sua vontade, podendo assim resistir ao Inimigo.


B) CAPACETE DA SALVAÇÃO O capacete romano era de couro, as vezes de metal ou de bronze. O capacete é uma proteção essencial, pois ele guarda a mente do soldado espiritual das setas do inimigo, como é uma parte do corpo que é tão importante, ela pode sofrer um dos ataques mais mortais, pois é a cabeça que comanda todo o corpo, é o centro da nossa mente e é através da Palavra de Deus que a protegemos.


C) ESPADA DO ESPÍRITO “Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.” Hebreus 4-12 A espada do espírito é a única arma ofensiva que é mencionada na Palavra de Deus. É a proclamação do evangelho. O soldado espiritual deve alicerçar-se na Palavra de Deus que é a expressão da revelação divina e do seu poder criador e salvador.


CONCLUSÃO





O Crente é chamado a manter-se firme contra as astutas ciladas do diabo e as terríveis hostes espirituais da maldade nos lugares celestiais “



10 No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder.

11 Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo.

12 Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.

13 Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes.

14 Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça;

15 E calçados os pés na preparação do evangelho da paz;

16 Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno.

17 Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.


Devemos lê a Palavra,que é a Verdade, pois é ela quem prevalece sobre a mentira. vestir a couraça da Justiça, para proteger o coração contra os sentimentos enganosos. Colocar o capacete da salvação para evitar que as mentiras de Satanás se instalem na nossa mente. Calçar os pés com o Evangelho da Paz, para seguir com firmeza como ensina a Bíblia. Usar o escudo da Fé a fim de apagarmos todos os dardos inflamados do maligno. Levantar a espada do Espírito para defendermo-nos e orar e suplicar diariamente a Deus, certamente não seremos derrotados.Como Cristãos precisamos manter-nos informados no que diz respeito as armaduras de Deus. Muitos conhecem as armaduras e não desfrutam delas, na verdade conhecimento não é prática,e a conseqüência dessa falta de posição em relação a fazer o uso correto da mesma é muito prejudicial. Deus nos arma justamente para que na luta diária sejamos mais do que vencedores, sejamos sim bons soldados armados em suas mãos lutando pela causa do Reino.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário